Bitcoin Cotação

terça-feira, 30 de abril de 2024

#54 [RELATO] Dando sinal de vida novamente

 



INTRODUÇÃO


Decidi aparecer novamente para dar continuidade ao blogue e ao menos mostrar o andamento da minha vida. Desde a última postagem não aconteceu muita coisa, mas vou ao menos mostrar a observação quanto alguns acontecimentos que estão parados na minha vida.

MORADIA

A empresa que me fez a venda do lote não liberou para construção, no ato da compra deram o prazo de dois meses. Passado os dois meses, consultei a secretária da empresa (agora em abril), e ela me passou o prazo de dois meses. Liguei para um vendedor que não foi o que me atendeu, usando outro número me passando como um interessado e ele passou o prazo de cinco meses. Alguma coisa está errada...

Acredito que tenha os problemas de infraestrutura para negociar com as empresas de energia e água, mas é triste ver o quanto as empresas brasileiras não são transparente com os clientes, fora a falta de canal informativo no pós-venda.

Infelizmente é algo que atrapalha os meus planos de curto e médio prazo, as coisas estão aumentando sem parar pela incompetência do Estado amigão. Eu não posso estocar material por limitação de espaço onde moro e nem mexer com parte de dinheiro sem liberarem o terreno. Fora que tenho minha vida normal para tocar. 

Apenas digo que morar de aluguel é um saco e desde que tive problemas em não conseguir trocar de imóvel no mesmo endereço com a imobiliária além das limitações por estar em imóvel alugado, está frustrante. Queria algo maior e mais reservado, mas nem ver o local eu pude por estar inacessível e desisti pois acreditei que já estaria com a outra casa em processo de construção.


MORADIA 2





Pesquisei um pouco o mercado imobiliário e vi o quanto é uma máfia onde as empresas aliadas o governo usam de materiais de péssima qualidade, os apartamentos não tem isolamento térmico e/ou acústico. Sem contar os esquemas onde gente que não precisa dos benefícios do governo pegam apartamentos que deveriam ser para baixa renda. Tem os calotes onde quem é bom pagador é feito de trouxa pois quem não paga as vezes é perdoado.

Depois de observar isso, recuso-me a torrar parte da minha grana nesse esquema de merda. Posso até queimar a língua, mas é frustrante ver como tem esquema no setor de imóveis no Brasil. Cheio de taxas, impostos, regulamentações que encarecem o projeto e dinheiro de documentação burocrática que as pessoas nem se perguntam para o que serve, apenas para ter um carimbo dado para um funcionário público de mal com a vida ter razão de ganhar um bom salário sendo que poderia estar sendo alocado em algo mais útil para a sociedade.

Caso ache que estou mentindo, se tanta regulamentação, taxas, impostos e etc. é algo bom, o porque a urbanização do país é uma porcaria?

Só um desabafo galera...

PROFISSIONAL

Queria mudar de setor, mas trabalho num lugar que há mais de uma década não abre concurso e é cheio de velho cansado em toda a instituição. No meu setor em específico, os colegas são legais, mas só se preocupam com o básico e o resto da demanda fica parada e já deu merda por não mexermos com outros serviços de interesse o setor. Além disso fica muita coisa para mim e já me sobrecarreguei por causa disso.

Quero sair pois desejo ir para um local onde tenha mais funcionários e eu não esteja preso na linha de frente quanto a atendimento, para eu poder fazer um horário mais flexível. Queria fazer estágio remunerado, mas isso implicaria em mudança de horário e no local onde estou não consigo.

Preciso voltar a ficar estável, mas para isso preciso aumentar minha renda. Não quero ficar tirando grana e desejo dar um "up" no padrão de vida. Candidatei-me para vagas de madrugada e não tive resposta, serviços para cobrir escala e não conseguir sequer se chamado para entrevistas, pois até subempregos estão mais disputados que vaga do curso de Medicina na USP.

A lojinha deu uma parada nas vendas, o meu nicho de atuação está mal e tem muita gente que vende o que tenho na Shopee. Como minha margem é pequena por produto, não valeria a pena me descolar para os novos postos de coleta (teria de ir de carro ou ônibus) para levar um ou poucos pacotes.


CONSIDERAÇÕES FINAIS 

Peço desculpas por não ter respondido aos comentários na última publicação, então vou responder aqui:

Fala Paulo! Os anos de incelismo me impedem de ser um homem desapegado, estou tentando fazer isso agora, mas não sei se consigo chegar a esse ponto.

Poderia apelar para prostitutas, mas ainda tenho trava mental em usar o serviço das programadoras, fora aquela coisa de transar com tempo contado e eu demoro para soltar o champanhe. 



Quanto ao problema com aparência, não sei até que ponto é verdade, só sei que ela até falou que sou bonito, mas o cara que ela quer sempre é elogiado por essa moça quanto a beleza. Na real ela só queria que eu ficasse a orbitando como possível estepe se desse merda.

Quando algo dá errado várias vezes, o problema não é os outros, e sim vc (nesse caso, eu). Então tenho de reconhecer que sou falho como macho da espécie humana e o que vier é lucro.

Feiosos que citou devem ser carismáticos, algo que não sou. E uma coisa que não consigo fazer é usar máscara. Uma conhecida falou algo que concordo, eu não deveria ter citado que estava afim da tal "muié".Pelo menos resolvi parcialmente a situação com ela e não me dá tanta dor de cabeça como antes. 

Quanto a tudo ter um dono, concordo. Estou avaliando possibilidades e parece que não há portas para eu fazer um extra e está tudo saturado, seja vendas ou prestação de serviços. Por enquanto vou ter de me contentar com meu salário merda.



Abraços pessoal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário