Bitcoin Cotação

domingo, 16 de setembro de 2018

#21.1 [REFLEXÃO] Eu odeio trabalhar



Em homenagem e relembrando um post do Pobretão, originalmente publicado em 11 de janeiro de 2012 resolvi externar um pensamento que tive depois de refletir e que bate um pouco com o texto dele.

Após anos sendo o caxias feliz em cumprir o seu trabalho, que realizava as tarefas como desafios, era prestativo e bem intencionado, o cara workholic que vivia para trabalhar e ficava 9, 10, 11 ou 12 dias trabalhando direto, em algumas empresas cheguei a fazer de 10 a 12 horas ou mais, em viagens de ônibus para o serviço que duravam de duas horas e meia até três horas e meia e no final só me fudendo por ser o cara bonzinho, depois quando vi o quanto o mundo do trabalho ainda mais no Brasil onde o salário é uma MERDA, eu comecei a ver o quanto eu perdi de tempo nessa vida de gado.

O que mais me decepciona é o quanto eu gastei de energia física, social, psicológica e intelectual com essa vida de merda que levei por anos, após levar porradas mentais no setor público vendo pessoas que ganham igual e muitas que ganham mais do que eu fazendo menos do que eu que só fui tomando no rabo, esse foi o pico para meu ódio ao mundo do trabalho. Até meados desse ano eu ainda acreditava no plano da independência financeira, onde eu conseguiria uma quantia X após anos de investimentos e poderia mandar essa rotina de merda tomar no c*, mas após um breve reflexão vi que esse plano dificilmente se concretizará até porque após ver duas mortes na finasfera e na incerteza sobre o amanhã que paira a cabeça de todos, estou quase que largando a ideia de IF.

Sobre os anos que eu gastei nessa vida de empregado no Brasil o que mais me deu raiva é ver que se usasse essa energia para outras coisas, agora eu estaria bem melhor na vida, se eu ao invés de ter trabalhado em uma hamburgueria aqui, fosse para os States e após anos mesmo que ilegal, agora possivelmente teria terrenos, casas, carro e a IF garantida ou se eu tivesse ido para o exercito, teria aprendido muita coisa com a cabeça fresca de um jovem de 18 anos ou então estar trabalhando em empresas de tecnologia se não tivesse desistido de um curso na área, o qual larguei por medo da reprovação por faltas (praticamente já estava reprovado por faltas pois sempre atrasava pela condução lixo dessa cidade, atraso = falta), pois eu morava longe, levando três horas para chegar no local, e depois de tentar entrar em dois ônibus lotadíssimos só conseguia pegar o terceiro ou as vezes nem ele, só o quarto, com uma rotina onde saia do curso, ia para o trabalho a tarde onde saia da labuta depois da meia noite e chegava em casa mais de uma da manhã para acordar três vezes por semana as quatro da manhã, se achar que eu sou nutella eu digo que trabalhava de segunda a segunda com uma folga por semana em uma rede de varejo. Resumindo, fracassei.

Demorei para enxergar que ao invés de ser o mais esforçado eu deveria ser o mais inteligente conseguir o maior resultado com o menor esforço e só me esforçar em objetivos de valor, não adianta esforço sem inteligência, pois isso é coisa de burro de carga. 

Claro pessoal, ainda não desisti de vez da IF, mas o que me dá raiva é ver o quanto é uma merda essa vida de assalariado brasileiro, ganha mal, o chefe acha que é seu dono, condução é um coco, demorada e sem conforto, tudo nesse país é caro e leva meses senão anos, senão décadas para comprar, enquanto em outras nações leva semanas ou um ano ou menos de uma décadas, isso quando não há o risco de assalto ou outro caso em que você pode perder os bens ou propriedade no Brasil. O dinheiro não dá para nada, você é julgado por sua posição, por mais colaborativo que seja para a sociedade, enquanto bandidos e vagabundas são idolatrados pelo povo somente por serem famosos ou estarem em posição de destaque, mesmo que façam atos desaprováveis ou de má conduta. 

A real é que eu ainda trabalho "bem" e me esforço, mas de forma medíocre, dificilmente serei novamente o cara aplicado e feliz com o que faço. O maior ódio é saber que nas noites de domingo após ouvir a musica do Faustão, lembro que segunda de manhã tenho de levantar pegar o ônibus lotado, vendo a feição triste no rosto das pessoas e após duas horas espremido como sardinha chegarei ao emprego que odeio e que aguento por saber da imensa dificuldade que é nesse país de 13 milhões de desempregados, pois agradeço a Deus por ter um emprego por mais que não goste dele.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

#21 [ATUALIZAÇÃO MENSAL] Agosto/2018 - R$ 55175,73 (-2,58%)

Estive com problemas na internet no começo do mês, hoje ainda está instável, fiquei o feriado praticamente sem rede em casa, esse foi um dos motivos do atraso, mas acredito que agora voltou ao normal. Outro motivo foi que eu tive de fazer uma viagem ao interior, fiquei dois dias fora e acabei que não fiz a atualização um dia antes, prestei um concurso no interior, já adianto que não fui bem, o lado bom foi conhecer uma outra realidade, de uma cidade de porte médio, as pessoas, a estrutura do local, dá até para fazer um post estilo Roger da cidadezinha rsrs.

Vou me planejar para em outubro fazer a atualização mais cedo, e de maneira que fique mais apurada e detalhada. Acredito que possa voltar com os 3 ou 4 posts mensais. Voltei a comprar quadrinhos, roupas e parei de aportar o tanto quanto antes, até me dei ao luxo de comer fast-food e umas besteiras.

O que puxou a rentabilidade para baixo esse mês foram os FIIs e a bolsa, mesmo o crescimento da criptomoedas não surtiu um desequilíbrio positivamente.

Mês passado eu fui no médico gastro após a endoscopia, eu estou com pangrastrite leve, o médico me passou uns remédios e dieta, mesmo assim fico com a pulga atrás da orelha, tenho de sair do sedentarismo, mas "sabe como é né", fico com medo dar uma merda, tipo um pire-paque. 

No meu emprego está indo tudo razoavelmente bem, estou de saco cheio de trabalhar, odeio aquela merda, odeio o transporte, vou levando com a barriga, parei de me importar.

De resto, sem novidades.

Aporte R$ 314,66

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

#20 [ATUALIZAÇÃO MENSAL] Julho/2018 - R$ 56320,76

Não farei uma atualização apurada, se bem que as minhas estao bem porcarias nos últimos tempos rsrsrs.

Esse mês voltei a ficar mal, sofri por dois dias com uma desinteria, por sorte eu estava em casa, fezes liquidas toda hora, ontem eu estava bem, mas hoje voltei e a piorar hoje, quase desmaiei no trem, tanto que sentei no chão do vagão, cheguei bem no serviço. Fui inventar de tomar café nesse frio e a gastrite e os gases voltaram.

Sempre pensamos no pior, no retorno ao gastroenterologista relatarei esse caso, ou procurarei um clinclí geral.

Fiz umas contas de padeiro, e na minha situação atual IF é só um devaneio, entao por agora encerrarei a busca por ela, continuarei aportando, levantarei de maneira mais apurada isso, mas por baixo com as condições atuais, mesmo não morando sozinho é apenas um sonho.

Eu nao iria fazer a atualização, não por estar mal, mas por outros motivos. Até porque se for para deixar fazer que seja por um motivo importante.

Aporte R$ 650,97

Abraços.

sábado, 14 de julho de 2018

#19.1 [REFLEXÃO] Morar sozinho?


Estou prestes a completar os 30 anos e desde 2016 eu tenho amadurecido a ideia de morar sozinho, atualmente convivo com minha mãe e irmãos, eu ajudo um pouco em casa, economizo em média quase metade do que eu ganho, em quase quatro anos aportei uma quantia razoável de dinheiro para um pobretão que nunca ganhou mais de 2k, minha família nunca foi muito unida, a começar pelos meus pais que se odeiam, mas é a vida, sempre sonhei em casar novo e ter a familinha doriana, estilo comercial, porém quanto mais conheci as pessoas, e principalmente as mulheres eu acabei por desistir desse sonho, não só por elas mas por mim mesmo e minha inadequação perante a sociedade, isso não vem ao caso nesse post.

Minha mãe me ajuda muito por ser dona de casa, tenho afinidade com parte dos meus irmãos, já com outros nem tanto, tenho meu quarto, minhas coisas, mas chega uma hora em que você quer ser mais livre, ter a vida só sua, atualmente ganho pouco menos de dois salários mínimos, sou concursado e tenho horário flexível no meu emprego, de meses em meses há uns dois anos "procuro" casas para alugar nos sites de imobiliárias da região, dou preferência por morar no mesmo bairro por causa da locomoção, pois moro em um local com facilidade de ônibus, não quero ficar mais meia hora dentro do ônibus, o que não é tão bom nos bairros vizinhos, todos os dias vejo a dificuldade dos moradores desses locais para fazer baldeação, não cogito morar nos bairros mais conhecidos da região onde resido pois são locais com excessiva quantidade de moradores e mesmo com mais opções de condução o congestionamento e o maior valor do aluguel e o número de moradores não mudaria a minha realidade e eu odeio ambientes muito urbanizados e favelizados de alguns bairros de SP. Eu gostaria que a casa tivesse dois cômodos e banheiro e um pequeno quintal para pendurar roupa e tomar um sol já que passo a maior parte do tempo em casa, o local teria de ser independente, pois escuto muita gente falar de quintais compartilhados e os problemas com vizinhos vileiros, uma praga em SP e arredores, também prezo pela segurança, imagino o olho grande de algumas pessoas quando você chega com mudança. Encontrei uns alugueis de R$ 450,00 até R$ 600,00, mas para eu ficar confortável eu pagaria até R$ 500,00, sei que parece uma pobreza para a finasfera cheia de empresários, funças de elite e grandes empregados corporativos, mas essa é a minha realidade e a de muitos brasileiros.

O impacto nos aportes seria imenso, fiz as contas aproximadas de aluguel, água, luz, gás, compras e internet, sobraria muito pouco dinheiro, talvez uns R$ 200,00, muitos me aconselhariam a procurar outro emprego que ganhe mais, mas não é algo simples e não quero mais ficar numa casa que não é bem minha, não quero ter de aturar visitas chegando de surpresa, namorado da irmã, quero ter liberdade de fazer o que quiser na minha casa, não cogito dividir casa, ap, viver em pensão nem nada, fosse para fazer isso eu conviveria com gente da minha família, e eu não confio em estranhos. Outro motivo para essa mudança é o crescimento pessoal, terei de cuidar de mim mesmo, fazer coisas de gente grande, compras, contas todas minhas, lavar minha roupa, limpar minha casa, fazer minha comida e depender de mim mesmo, parece coisa de mimadinho, mas aqui em casa eu muito limpo meu quarto(raramente, sou bagunceiro), lavo meus sapatos e cuecas, compro algumas coisinhas que tenho vontade como frutas e pão e pago uma ou outra conta e só. Não quero brincar de gente grande, quero ter minha própria vida.

Algo que me deixa na duvida é no caso da minha mãe, pois ela é dona de casa e não tem renda, nem aposentadoria, meu medo é que eu inicie uma debandada de casa,  com meus irmãos indo embora na sequência, com esse salário que eu ganho não tem como eu me manter e ajudar ela, mas também sei que com a minha saída eu posso reduzir as despesas em casa. Espero que tudo de certo e o impacto não seja negativo. Não falei nada com ela, só quando estiver tudo certo e decidido. Eu teria de comprar fogão, gás, microondas, mesa e geladeira e isso implicaria em acabar com aportes, fora a decisão de comprar carro ou moto para locomoção, isso é outra história, pois envolve impostos, peças e essas merdas, mais despesas.

Se eu tiver coragem e vergonha na cara para tal, entre meados e fim de 2019 eu já estarei morando sozinho, será uma nova fase na vida, tenho de mudar.

Abraços.




segunda-feira, 9 de julho de 2018

#19 [ATUALIZAÇÃO MENSAL] Junho/2018 - R$ 52956,78 (-16,15%)

Seleção, criptos e RV decepcionando mais uma vez... E esse garotinho viu novamente nosso time perder.

Vacilei na postagem desse mês, já pensei em pedir para sair do ranking, não só agora, mas na época do Mestre dos Centavos também, estou sem saco para tudo, cada vez mais fundo na minha acomodação, um problema maior do que mulheres, mas vamos lá...



As criptomoedas mais uma vez derretendo, mas como antes dito por mim, acreditarei e morrerei com elas tocando violino como os violonistas do Titanic, antes cair por minha culpa do que por conselho de terceiros, assim como o colega Stiffler acredito que elas darão frutos (se bem que mesmo com a queda já me deram muitos). Ganhei de bonificação mais 9 "frações" de ITSA4, agora planejo chegar as 200, estou com 135 unidades, depois planejo finalizar o lote de FRAS3 e posteriormente montar lote de uma outra empresa ou juntar na RF para as próximas ofertas, talvez em outubro ou novembro, só especulação, claro. 

APORTE: R$ 199,88

Os FIIs também estão caindo, como eu queria mais grana para comprar, mas... 


RESUMO: Sem mais novidades importantes, estou querendo entrar fundo na RV tradicional, porém, falta dinheiro, não quero liquidar as criptos, também queria mais dinheiro para elas... Zerei posição em Komodo, só me deram prejuízo, comprei na alta e me fu, fu...



CONSIDERAÇÕES FINAIS: Estou com várias ideias de postagens para fazer mas não tenho animo para fazer, fiquei uma semana longe do facebook, bem longe do meu record de mais de 8 meses, fiquei quase uma semana sem masturbação, estou lendo o ótimo livro "A sutil arte de ligar o foda-se", do qual gostei bastante. O problema real é que eu não sei o que fazer da vida, cansei de pensar em status, concurso só para atrair gente que caga e anda para mim, tendo uma motivação vazia para tal, desculpa aí pessoal, mas nada mais a comentar.

Abraços.

terça-feira, 12 de junho de 2018

#18.1 [RELATO PESOAL] Timidez amorosa 3: O dia dos namorados

"Ah! Como eu queria uma namoradinha" - Beta da Silva
Para quem não sabe, mesmo com quase 30 anos, eu nunca namorei, isso mesmo meu amigo, não estou brincando, tive oportunidades desde a infância, mas por minhas incertezas e medo de fazer merda, nunca fiquei com uma garota. Perdi oportunidades dos 10 até os 28 anos, para ver o quanto eu sou um lixão, sou um sub-homem.

Dia 12 de junho, dia dos namorados, hoje fui no shopping, e em plena terça feira estava cheio, parecia fim de semana, vários casais de todas as idades, eu lá sozinho(claro que haviam outros solitários, mas era imenso o numero de "namoraduxos" juntinhos) , fui para uma loja e comprei chocolate, o lixo do chocolate, para comer nessa noite, revivi a ideia de um amigo falecido do kit depressão, comprar besteiras para comer. essa noite ficou um misto de estranheza com tristeza, mas não tanto quanto eu imaginei, um pouco de alivio por não ter que comprar presente para uma pessoa que talvez nem gostasse. 

Sempre imaginei como é ficar conversando com mulheres no celular, whatss, conhecer a família da namorada, dormir de conchinha, programinhas de casais, direto quando eu ia no shopping sentia o vazio por ser um forever alone, mas hoje esse vazio não veio.


Não fiquei amargurado como estava no inicio de ano, pois esse ano cessei uso de apps de paquera, esses dias abri o Tinder e vi dois matches (6/10 e 5/10) em que eu e as garotas nos "desencontramos" nas conversas, depois de um tempo você perde fé nas mulheres e lembra que elas estão conversando com uma legião de homens e você é só mais um em sua lista imensa de escolhas, depois disso desativei o Face e consequentemente o meu perfil no Tinder (quase 8 meses sem usar essa merda), esse ano não estou focado em mulheres, estou tentando me desenvolver, mas está difícil, procrastinando assistindo animes, séries, filmes, pornografia e dormir, perdendo tempo no face e sites inuteis, mas nada de dar trela para mulheres, sim estou viciado em escapismos.

Engraçado, hoje fui levar uma documentação num setor vizinho do meu, lá tem uma M$ol que sempre fica até tarde, eu curioso (apenas isso) perguntei se ela ficava até aquele horário por causa do rodizio, a mesma me respondeu que não, que aquele era o horário dela, isso de uma maneira estranha, acredito que ela estava  entendendo como se eu estivesse perguntando em que horário ela saia, como um meio de chamar ela para sair, a mulherada é muito arrogante hoje em dia. 

Expectativa do Beta da Silva vs. Realidade do Beta da Silva
Aquela moça já foi transferida e efetivada para meu antigo departamento, das duas vezes que fui lá não a encontrei nesse tempo recente, o que foi bom, mas só de lembrar dela... A ultima vez que a  encontrei foi há uns quatro meses, eu até abri a porta para ela (a mesma não tinha a chave), pois a encontrei no corredor e eu estava voltando para o meu local de trabalho, era a oportunidade para eu mandar a real nela, mesmo que eu me humilhasse e fosse feito de idiota por ela e assim que eu "abrisse meu coraçaum S2" tiraria todo o peso da minha cabeça, fiquei 4 minutos a sós com ela, mas apenas conversei coisas sobre o emprego, tomei uma água e fui trabalhar, estava com medo, fui mangina e cagão e não falei nada, "vai que alguém ouve e espalha essa conversa", pensei, sim, fui um merda. Tenho até o número dela no whatss, mas não vou falar nada, pareceria um psicopata por estar atrás de uma mulher que supus ter me dado bola algumas vezes mas eu fui cabaço ,por diversas vezes ficava olhando a foto de perfil dela.



Depois cai na real, justo nesses dias próximos ao dos namorados, pois enquanto eu idealizo aquela mulher, ela está lá com meu ex-colega alfa mental, devem estar comemorando o dia, jantando, fazendo programinha de casal e transando no motel, já eu? Apenas afoguei minhas magoas no xavier videos de maneira compulsiva, somente pelo prazer do escapismo, já que amanhã acordo cedo, pegarei um ônibus lotado e puto com minha vida de merda.


Antes que venha me aconselhar algo, NÃO estou procurando mulher, pois gastei meu ano de 2017 focando em "sair da seca", sei que a vida é equilíbrio, mas esse ano a prioridade é outra, claro que eu queria uma namoradinha, mas isso não é minha prioridade no momento, mesmo batendo aquela dor, sou humano, sinto falta, tenho desejos, alias, quanto mais eu corro atrás de mulher, mais elas fogem de mim, quanto menos corro, elas aparecem, se aparecerem, foda-se, tenho de arrumar minha vida.

Selo - "Eu queria uma namoradinha"
Enquanto eu escrevo esse post, milhões de casaizinhos tem uma transinha especial de dia dos namorados, já eu e centenas de milhares de jpbf ficamos sozinhos, uns nunca namoraram como eu, outros perderam a mulher dos "sonhos", outros estão apenas comendo pervas ou putas casualmente e já desistiram dessa vida padrão nesse louco mundo pós moderno, onde o homem comum não tem valor, é a vida, será que somos merdas e indignos? Não sei amigo. Enquanto isso, agressores de mulheres, bandidos  (talvez até estupradores), assassinos, corruptos e etc. estão comemorando com suas parceiras, já o beta que é um merda, pois é "chato", "chorão"  e cheio de incertezas, apenas isso, tem de ficar sozinhos, ah amigo, mas um marginal, bandido, agressor pode mudar para melhor né, eles merecem compreensão, já você por ter problemas humanos é indigno... Vai se fvder mundo FDP!!!!

Desculpe pelo tom depressivo galera, mas era algo que eu tinha de relatar.

Abraços!!!

Sobre os posts de timidez amorosa:
Parte 1
Parte 2

sábado, 9 de junho de 2018

#18 [ATUALIZAÇÃO MENSAL] Maio/2018 - R$ 63213,68 (-10,19%)

Queda no mundo das criptomoedas
A postagem será breve, estou fazendo a atualização aos 45 do segundo tempo...


As criptomoedas despencaram esse mês novamente, depois tiveram uma leve retomada, mas nada que compensasse a queda. Não comprei nada de criptos esse mês, apenas zerei a posição que tinha em Ethereum Classic, eu só perdi comprando aquela merda, vendi e comprei Zcash, reduzi a posição em Bitcoin e comprei 33,48 nanos, dificilmente chegarei as 200 unidade (tenho quase 134 agora), outra surpresa foi a Storiqa que cresceu 540% (uhuuu!!) comprei abaixo de um centavo, no dia 31 de maio estava R$ 0,05.


APORTE: R$ 143,03

Comprei mais uma cota do FII CNES11 (R$ 77,91), e 10 da ITSA4 (R$ 11,85), chegando a 91, quase chegando ao lote completo, aproveitei um pouco as ofertas na bolsa, eu poderia ter "feito a festa" se tivesse feito o aporte padrão de R$ 800,00. Por gastos com viagens e outros tive de reduzir drasticamente meus aportes.

Infelizmente no fim do mês tive de fazer retirada de grana do CDB por motivo de emergência.


RESUMO: Continuo extremamente posicionado em criptos, a estratégia inicial não mudou, só tenho de definir logo a de saída para não perder o bonde como perdi no fim de 2017. Pegando gancho no post do nosso colega Mestre dos Centavos, se o Pobretão tivesse seguido o plano dele já teria conseguido a IF com a Eletropaulo ao R$ 45,00, mas a vida é de erros e acertos, espero que ele tenha recomprado elas após fechar o blogue.


CONSIDERAÇÕES FINAIS: Caiu por terra o projeto "vire alfa...", voltei para minha zona de conforto, trabalho, séries, filmes, punheta, porno e sedentarismo, essa é minha vida de merda, da qual tanto tentei fugir no ano passado. Saiu o resultado da prova que fiz no interior, mas isso é assunto para outro post, mas para avisar, fui habilitado, mas não aprovado, sem chances de ser chamado, eram poucas vagas.

Abraços